Franquia de alimentação

Empreender é um dos maiores desejos e sonhos dos brasileiros, que buscam ter seu próprio negócio e desenvolver atividades profissionais por conta própria e, para isso, um dos melhores caminhos é adquirir uma franquia de alimentação.

Por serem negócios de grande demanda e que resistem às crises, as franquias de alimentação são uma excelente opção de investimento para quem deseja ter seu próprio negócio em um dos setores da economia que mais cresceram nos últimos anos, mesmo durante a pandemia.

Explicamos agora, em detalhes, o que você precisa saber sobre o mercado de franquias de alimentação no Brasil, quanto custa uma franquia de alimentação, os motivos pelos quais é interessante investir em uma franquia desse tipo e também como você pode escolher a melhor franquia para investir. Confira os detalhes agora!

Ebook Delivery

O que é uma franquia?

Antes de falar de franquias de alimentação, é fundamental compreender o conceito de franquia e saber o que, de fato, ele significa: quando falamos em franquias, estamos tratando de um modelo de negócio, que tem como estratégia a comercialização do direito de uso de uma marca, infraestrutura, plano de negócios, distribuição e fornecedores, dentre outros elementos.

Nesse modelo, os direitos de uso da marca são cedidos por seu proprietário (a empresa franqueadora) para o investidor (o franqueado), de maneira que ele passa a poder, de forma contratual e legal, replicar o modelo de negócios criado pela franqueadora.

Esse modelo de negócios começou nos Estados Unidos, por volta dos ano de 1850, quando a fabricante de máquinas de costura Singer, sediada na Nova Inglaterra, decidiu outorgar licenças de uso da marca e de seus métodos comerciais para comerciantes que quisesse revender seus produtos em outras áreas do país.

Já no Brasil, tivemos a primeira rede de franquias com a ampliação dos negócios da escola de idiomas Yázigi Internexus, que adotou esse modelo comercial no ano de 1954 quando decidiu ampliar sua rede de atendimento para adquirir novos clientes.

Como é o mercado de franquia de alimentação no Brasil?

Consolidado e aquecido mesmo durante o período de crise ocasionado pela pandemia, o mercado de franquias no Brasil é um dos setores mais fortes da economia brasileira, tendo se mantido como uma área estável da economia nos últimos anos.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado de franquias de alimentação foi responsável por uma movimentação financeira de R$ 40,8 bilhões durante o ano de 2020, com expectativa de crescimento de 8% no valor do faturamento para o fechamento de 2021.

Além disso, a Associação estima que o mercado de franquias de alimentação apresentará crescimento de 5% no número de unidades franqueadas, gerando novas oportunidades de trabalho e de negócio, já que o crescimento também oferece novas oportunidades de visibilidade do mercado, especialmente em redes franqueadas consolidadas.

É interessante destacar que o setor de alimentação é o que mais tem crescido no mercado de franchising, já que a demanda por soluções delivery se tornou ainda mais importante com o agravamento da pandemia, fazendo com que negócios da área tivessem grande evolução.

Quanto custa uma franquia de alimentação?

Uma das principais dúvidas de quem deseja empreender no setor de alimentação e que é importante para a tomada de decisão no momento de escolher uma franquia é o seu preço, já que muitas vezes esse é um projeto de grande importância e impacto na vida do investidor.

No mercado de franquias existem diversos modelos de negócio distintos, que possuem faixas de preços diferentes, de acordo com a estrutura física, tamanho da operação, equipamentos, custos de operação e mesmo a percepção de mercado da rede franqueada e sua posição no mercado.

Existem diversas faixas de investimento, desde que as microfranquias, que possuem investimento de até R$ 25.000,00, que são opções para quem está buscando uma franquia de alimentação e deseja começar com um investimento menor, mas podem ultrapassar a casa dos milhões de reais, como no caso de redes de franquias globais e que possuem faturamento muito alto.

Para escolher a franquia de alimentação que mais se encaixa em seu projeto, é importante avaliar todos os custos que sua operação terá, pois é importante que você considere locação de imóvel (em caso de unidade física), equipamentos, insumos, custos de manutenção e royalties, além do capital de giro para garantir que o negócio funcione até atingir o lucro.

Por que investir em uma franquia de alimentação?

Além de ser um dos setores mais fortalecidos da economia brasileira, o setor de alimentos é uma excelente opção de negócios também pelas possibilidades de crescimento e de desenvolvimento no Brasil, especialmente no modelo de franquias.

Por esse motivo, é muito comum que as pessoas se perguntem se, de fato, é interessante investir em uma franquia de alimentação e também quais motivos tornam esse investimento mais atrativo.

Pensando nisso, listamos alguns dos motivos pelos quais você deve considerar o investimento em uma franquia de alimentação como uma opção interessante para seu empreendimento, especialmente se esse for seu primeiro negócio. Confira!

Modelo de negócio validado

Quando você está avaliando o investimento em uma franquia, o principal benefício a ser avaliado é a possibilidade de empreender utilizando um modelo de negócio validado e que já foi executado com sucesso pela franqueadora, visando reduzir os riscos e aumentar sua rentabilidade.

Por isso, um dos motivos para empreender em uma franquia de alimentação é poder contar com o modelo de negócios que a franqueadora desenvolveu, de forma que o investimento seja feito de forma estratégica, especialmente pelo suporte especializado para a estruturação e desenvolvimento do negócio.

Suporte técnico, administrativo e de gestão

Como dissemos, o suporte especializado que o franqueado recebe ao fazer parte de uma rede de franquias é um dos principais pontos que tornam esse tipo de investimento interessante, especialmente para aqueles que estão desenvolvendo seu primeiro negócio ou migrando de área.

Quando falamos em empreendimentos no setor de alimentação, contar com o suporte técnico, administrativo e de gestão da franqueadora é fundamental para desenvolver processos de forma eficiente, garantir a qualidade dos produtos oferecidos aos clientes e mesmo gerir estoque, folha de pagamento e fornecedores de forma eficaz.

Treinamento continuado

Aprender a gerenciar um negócio de forma segura, eficiente e rentável é um grande desafio, especialmente para empreendedores que ainda não possuem essa experiência ou que estão migrando de um outro tipo de negócio para o ramo de alimentação.

Pensando nisso, contar com o treinamento continuado oferecido pela franqueadora é um ponto importante e que deve pesar na decisão de investir em uma franquia de alimentação, já que esse aprendizado impacta diretamente nos resultados da franquia.

Além disso, ao escolher a franquia de alimentação que melhor se encaixa em seu projeto de investimento (falaremos disso com detalhes mais abaixo), é importante entender se o treinamento oferecido atende suas necessidades e lhe dará a capacidade de operar corretamente o negócio.

Marketing cooperado com a rede de franqueados

Também é interessante levar em consideração que as redes de franquias possuem estruturas e estratégias de marketing feitas de forma cooperada, ou seja, realizadas com o apoio do fundo de marketing da rede de franqueados.

Além de aumentar o alcance e os resultados das campanhas de marketing, esse ponto fortalece o posicionamento de mercado da rede como um todo, ao mesmo tempo que reduz o custo individual das ações, que são cotizadas entre as unidades.

Economia de escala

Por fim, vale destacar uma vantagem muito importante quando estamos falando de um negócio de alimentação: a economia na realização de compras em escala que fazer parte de uma franquia de alimentação oferece.

Adquirir os insumos necessários para o negócio muitas vezes é uma tarefa difícil e que pode impactar diretamente na receita, especialmente pela flutuação dos preços, mas os franqueados contam com condições especiais de compra desses produtos, já que em geral a franqueadora fica responsável pela negociação em escala com os fornecedores, reduzindo os custos.

Quais cuidados tomar ao escolher uma franquia de alimentação?

Agora que você já entendeu melhor o que é, quanto custa e os principais motivos para investir em uma franquia de alimentação, é interessante também conhecer alguns dos cuidados necessários no momento da escolha da rede de franquias para investir.

Afinal, mais do que decidir empreender no segmento de alimentação, é fundamental entender qual a faixa de investimento que mais se encaixa em seu perfil, se o modelo de franquias é o modelo de negócios mais adequado para você e também se você está preparado para fazer parte de uma rede franqueada.

Explicamos, em detalhes, alguns desses cuidados nas dicas abaixo. Confira!

1- Avalie a faixa de investimento

O primeiro passo para escolher a melhor franquia de alimentação consiste em avaliar a faixa de investimento que você pretende realizar: é importante entender qual o valor disponível para investir, o quanto você está confortável em dispor de seu patrimônio e se determinada faixa é possível ou não para começar.

Esse cuidado é importante para ajudar você a identificar qual rede franqueada ou modelo de negócios, caso a franqueadora possua mais de um modelo, faz sentido para seu momento atual e para sua estratégia de investimento.

2- Entenda o modelo de negócios de uma franquia de alimentação

Também é muito importante que você pesquise, estude e compreenda a fundo como funciona o modelo de negócios de franquias, suas regras, suas características e suas responsabilidades, para que sua decisão seja tomada de forma consciente e inteligente.

É interessante compreender as obrigações da franqueadora e do franqueado, o que é permitido e o que é proibido, quais são as exigências para desenvolver o negócio e também os conhecimentos necessários para ser um franqueado de sucesso.

3- Estude cada rede franqueadora

Depois de entender qual a faixa de investimento faz sentido para você e como funciona o modelo de negócio de franquias de alimentação, é importante estudar mais a fundo as redes franqueadoras que despertaram seu interesse.

Esse passo é importante para compreender quais opções se encaixam melhor em seu modelo de gestão, no posicionamento estratégico que você deseja adotar, na localização em que você pretende abrir seu negócio e também na faixa de investimento que deseja realizar.

4- Fale com outros franqueados

Antes de fechar negócio, é fundamental que você entre em contato com outros franqueados das redes de franquia que você está prospectado, visando entender como é o dia a dia das operações, se as obrigações contratuais são cumpridas e o que esperar em termos de fluxo de clientes, demandas e rotinas do trabalho.

Dentre as informações obrigatórias que a franqueadora deverá apresentar na COF (Circular de Oferta de Franquia) está o contato de franqueados e ex-franqueados, para que você possa entender de fato como a rede funciona, como a franqueadora se comporta e o que esperar ao fazer parte dela.

5- Avalie se ser um franqueado é para você

Por fim, é muito importante que você busque entender se ser um franqueado é realmente a melhor estratégia de negócios para você, especialmente se tratando do dia a dia das operações, das obrigações de ter uma franquia e também da dedicação necessária para que o negócio dê certo.

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam e algumas redes franqueadas prometem, ser um franqueado no setor de alimentação não é uma tarefa fácil, mas exige que o franqueado tenha dedicação, empenho e comprometimento para que o negócio funcione e seja bem-sucedido.

Como é possível concluir, o investimento em uma franquia de alimentação é uma excelente opção para quem deseja ter um negócio próprio, está buscando se posicionar em um nicho de mercado forte e rentável e deseja começar seu projeto de forma eficiente e estratégica.

Além de ser um dos mercado mais aquecidos da economia, o setor de alimentação também é rico em oportunidades e permite que o franqueado explore um mar de oportunidades, seja atuando no atendimento direto ao público ou por meio do atendimento via delivery.

O que você achou de entender mais a respeito do que é uma franquia de alimentação e como esse mercado pode ser uma excelente oportunidade de investimento? Se você gostou e deseja mais informações, se inscreva em nossa newsletter!

Compartilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Sayonara Dias

Sayonara Dias

Deixe seu Comentário:

Inscrição
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Posts Relacionados